Pesquisar este blog

Carregando...

21 de set de 2009

Dreadlocks

Ao contrário do que se pensa, os DreadLocks não nasceram com o movimento rastafari e com Bob Marley, o uso de dreads é tão antigo que se torna impossível datar corretamente quando começaram a ser utilizados.

Mas o que se sabe é que povos que habitavam a região da Índia foram provavelmente os primeiros a se utilizar dos dreads principalmente por uma questão de praticidade: os cabelos tornavam-se longos e era extremamente difícil corta-los, então, deixavam que se enrolassem e com o óleo natural do couro cabeludo torciam os cabelos para que conservasem uma forma cilíndrica, que diminuía o volume e tamanho do cabelo original.

Porém os Dreadlocks tornaram-se famosos com o movimento rastafari. Os Rastafaris não cortam ou penteam os cabelos por motivos religiosos, baseando-se em citações bíblicas

HIGIENE
Existe, assim como com qualquer cabelo, há quem tenha os Dreads limpos, e quem os tenha sujos. Isso é apenas uma questão de gosto do usuário, pois apesar de acarretar mais trabalho por parte do dono do cabelo, mante-los limpos e lava-los todos os dias é plenamente possível, e inclusive praticado por grande parte dos adeptos deste estilo.

O ideal é lavar quinzenalmente no salão e até três vezes por semana em casa, com xampu de limpeza profunda (anti-resíduos). Ele limpa melhor o couro cabeludo e deve ser aplicado três vezes seguidas, passar o produto nas mechas torcendo uma a uma. Enxágüe bem e faça o mesmo com o condicionador. Se quiser, use um leave- in para finalizar e seque utilizando secador com difusor ou no sol. Esse zelo deixa a cabeleira assentada, cheirosa e os dreads supermacios.

PRECONCEITO
Talvez por fugir drasticamente dos padrões de beleza adoptados pela maioria da população ou talvez pela associação do estilo ao consumo de cannabis, o usuário de Dreads sofre um imenso preconceito na maioria dos Países.
O adepto deste estilo pode ter severos problemas para conseguir emprego, e quando o trabalho exige relação directa com o cliente é mais difícil conseguir a vaga.

COMO FAZER E CULTIVAR
Existe o falso mito de que para se fazer dread em cabelos lisos é necessário que os mesmos não sejam lavados por um certo tempo antes da aplicação. Porém a informação dista muito da realidade, pois cabelos não lavados ficam oleosos e dificultam o processo.
Existem várias formas de se "dredar" o cabelo, as três mais freqüentes são:

Tradicional
Este é o meio mais difícil de se fazer dreads, exige muita dedicação e o resultado costuma não se equiparar com o que se obtém através das outras formas. É recomendado que se tenha o cabelo crespo típico do negro africano, outros cabelos dificilmente manterão a forma. O Processo consiste em não lavar o cabelo com shampoo ou qualquer outro produto que possa alisar os cabelos, e a medida que cresce ir enrolando o cabelo com a palma das mãos formando os dreads. Este é o método utilizado pelos Rastafari, não é muito recomendado pois torna-se difícil mantê-los limpos e os dreads ficam sempre com uma aparência de sujos.
Para quem tem cabelo crespo tem um opção de enrolar o cabelo no modelo Baião-de-Dois e depois separar os dois. O resultado será o dread que com o tempo ficar mais grosso. É necessário ter cuidado e sempre estar separando os dreads. Deve-se lavá-lo apenas 15 dias depois de os enrolar e só o fazer com água do mar e sabão azul.



Com cera
Este é seguramente o mais utilizado nos dias de hoje, funciona com qualquer tipo de cabelo. É necessário que o cabelo já tenha um certo comprimento, em torno de 10cm, mas recomenda-se mais. O processo consiste em dividir o cabelo em setores de cerca de 2cm, e pentear cada setor da ponta para a raíz com um pente de ferro visando embolar os cabelos. Depois de embolados todos os dreads aplica-se cera de abelha para fixa-los. Uma manutenção freqüente torna-se necessária para que os cabelos não soltem, que consiste em aplicar cera periodicamente e enrola-los com a palma da mão.





Com agulha
Este processo é muito dolorido, mas resulta em dreads mais compactos e limpos. Divide-se o cabelo e penteia-se da ponta à raiz, como no processo com cera. Daí "costura-se" o cabelo com uma agulha de crochê. Algumas pessoas depois disso ainda aplicam a cera. Uma manutenção frequente é muito recomendada, que consiste em re-costurar os cabelos com a agulha quando soltam alguns fios e enrola-los com a palma das mãos.
O que define o resultado dos processos porém é a manutenção. Costuma-se dizer que os dreads ficam bons quando "travam", ou seja, quando não é mais possível solta-los. É recomendado lavar os cabelos regularmente com shampoo sem resíduos ou sabonete de coco, e depois seca-los muito bem com secador e ao sol. Deve-se atentar para o mau cheiro, que indica a presença de fungos. O comprimento do cabelo geralmente se reduz após a aplicação dos dreads, o quanto depende do tipo de cabelo.




Dreads de lã (não permanentes) no seu cabelo. É um penteado prático e bonito.

PASSO A PASSO

1) Separe uma mecha de cabelo, não muito grossa, e faça uma trança. Amarre a trança na ponta com uma borrachinha de silicone.
2) Escolha todas as linhas que irá usar no seu dread. Para dreads de expessura média, corte mais ou menos uns 15 pedaços de lã (o tamanho deve ser sempre 15 cm a mais que o comprimento da trança). Se quiser o dread mais fino ou mais grosso, é só mudar a quantidade de lã. Lembre-se de cortar todos as lãs e fios necessários para seu dread, depois de iniciado não será possível acrescentar mais nenhuma lã!
3) Depois de cortar as lãs e fios, passe as lãs bem no início da trança (entre as mechas da trança). Em seguida deixe em formato de "U" (laçada). Para auxiliar use uma agulha de crochê para auxiliar na passagem da lã. De um nó para garantir.

4) Depois que tiver todos os fios amarrados na trança é só enrolar. Escolha a cor que irá iniciar e pegue a lá (um fio só) e vá enrolando ao longo da trança. (Os demais fios ficam por baixo deste, não aparecem) Se quiser mudar de cor, ou se aquele pedaço de lã estiver acabando, pegue o outro e repita tudo. Você vai fazer isto até o final da trança. O ideal é que você enrole até 5cm além da trança. (Isso auxiliará na hora de remover o dread).
5) Para finalizar pegue um pedaço de lã, enrole sobre os outros e dê um no bem firme. As pontas que sobrarem é só cortar!





8 comentários:

Anônimo disse...

Super enterresante amei...só não entendi muito!
Mais tudo bem!

Anônimo disse...

euu taambém naãao entendii muuito beem, maais euu fiiz uum quue fiicoou leegaal maaano, obriigada meesmo, soó quue naa próxiima veez, deveeria ter footo pra expliicar neé ,só uma diica ;D

Anônimo disse...

adoreei maluko,os dreads dessa garota perfeito hein, ameei........

Anônimo disse...

mas como faz para desmanchar em casa os dreads que são costurados??

Gracielle disse...

o Dread costurado so sai cortando.

Like toy soldiers. disse...

Bibliografia: Wikipedia :D

Nathii_8 disse...

eu to afim de fazer dread de agulha
só que to com medo de depois nao poder tirar semcortar todo meu cabelo

isabela piettra disse...

amei eu quero fazer é lindo

Postar um comentário

Visitas

HOTWORDS